quarta-feira, 16 de abril de 2014

Jimi Hendrix Experience-Red House


O insuperável Jimi Hendrix

Se aparecer a mensagem que este vídeo não existe, clique no link: https://www.youtube.com/watch?v=S8Sc64i1FTo



Achar onde o sorriso se esconde


(terça-feira, 23 de junho de 2011
Posologia do riso e do sorriso: uma receita para dois remédios
Remédios do Dr. Ramos - X)


Estes são os remédios largamente usados por pessoas que não temendo a vida ou a morte, estão cientes de que podem morrer com uma simples casquinha de pão travada na garganta. São os que não se ocupam com meias verdades e meios fúteis. É indicado sempre tê-los à disposição de uso. Um estado crítico para uso é quando você se sentir muito denso. Se o remédio do sorriso ajuda no clarear das idéias, o do riso te fará chacoalhar até cair os frutos vencidos, esquecidos no pé. Se nada cair, comece a chorar. Os componentes destes remédios ajudam na recriação de si mesmo. Rir de si próprio é altamente recomendado por ser o mais potente medicamento de cura. O sorriso franco, aberto, vindo da alma e, portanto, original, e não necessariamente visto nos lábios, reflete a organização que há no interior do indivíduo e seu estado evolutivo. Demanda, pois, brincar de achar aonde o sorriso se esconde. A cada encontro do sorrir, decorre uma melhora substantiva, um ascender na escalada evolucional, tanto na tua quanto no da humanidade. Perder o sorriso por bobagens acarreta uma substantiva piora no quadro da saúde físico mental. O sorriso oferece aos outros os melhores frutos que você tem para dar. A cor do sorriso é azul. Uso profilático em permanência. Ache-o se precisar atestado de sanidade mental.
JRToffanetto

terça-feira, 15 de abril de 2014

Noel Rosa - Último desejo

Sugestão musical e vídeo
por Fernando Colin

Cena final do filme "Noel, poeta da Vila". A musica "Ultimo Desejo" cantada pelo grande Mestre Wilson das Neves!


segunda-feira, 14 de abril de 2014

Robert Jahns, diretor de arte e sonhador profissional

Clique na imagem para ampliar




Entre estados de realidade e fantasia... 

...há uma verdade poética

As imagens de Robert Jahns desafiam a razão...

...com idéias fundidas na forma, no sutil, pertences do sentir.

Texto: JRToffanetto
Informações e imagens: ©Robert Jahns 
Fonte das três últimas imagens: http://www.fahrenheitmagazine.com/cultura/robert-jahns-manipulacion-de-imagenes/#picture-8   

Bach- Cello Suite No. 1 in G major; Ophélie Gaillard (Complete)

Para sentir e sonhar de olhos abertos

 


 Ophélie Gaillard 
est une violoncelliste française née le 13 juin 1973 à Paris

"Um momento musical que honra a cultura brasileira" Camerata Carioca

"Um momento musical que honra a cultura brasileira"
(Roberto Moura)
O "choro" tem muito a haver com o azulzinho do céu e a eternidade nas nuvens. (JRToffanetto)














Retratos (4 movimentos):
1. Pixinguinha (choro)
2. Ernesto Nazareth (valsa)
3. Anacleto de Medeiros (schottische)
4. Chiquinha Gonzaga (corta-jaca)


Ficha Técnica do disco:
Arranjos: RADAMÉS GNATALI
Integrantes da CAMERATA CARIOCA:
JOEL DO NASCIMENTO: (Bandolim),
JOÃO PEDRO BORGES E MAURÍCIO CARRILHO (violões 6 cordas),
RAFAEL RABELLO (violão 7 cordas)
LUCIANA RABELO (cavaquinho)
CELSO JOSÉ DA SILVA (ritmo)
Apoio da Secretaria de Cultura do Estado do Paraná
WEA dsicos - 1980
OBS.: Espetáculo  instrumental de 1979 na cidade de Curitiba-PR 
Paulo César Pinheiro disse "O show é uma dignidade e respeito às verdades musicais, hoje tão esquecidas".